16 segredos para você montar uma lancheira saudável

NOVIDADE! —> A partir de hoje, todas as sextas no blog serão “Sextas de Nutrição”. Uma coluna semanal com dicas da nutricionista Flávia Montanari, receitas e muito mais sobre o universo da alimentação da família.
lancheirasaudável

Descubra os segredos de montar opções nutritivas para a lancheira escolar

O incentivo à prática de hábitos para uma alimentação saudável na infância é fundamental para a prevenção de doenças de origem nutricional e a garantia de uma melhor qualidade de vida na idade adulta.

Os hábitos podem se estender não só às crianças, mas ao ambiente escolar e às suas famílias, que influenciam diretamente nas escolhas alimentares da criança, de forma positiva ou negativa.

Tendo em vista que o hábito alimentar se forma na infância, é imprescindível estimular a introdução de alimentos saudáveis e incentivar o consumo de novos sabores, texturas, cores e cheiros. E ter uma opção de lanche para a escola que se preocupe com nutrição infantil pode ser mais simples do que as mães imaginam.

Algumas dicas para a preparação de lanches saudáveis e saborosos:

  1. Higienização adequada: realize a higienização diária dos alimentos e da lancheira, para evitar contaminação;
  2. “Fuja” dos alimentos industrializados: um lanche fresco ou um bolo simples preparado por você é garantia de mais nutrientes, vitaminas, menos aditivos químicos e segurança da procedência dos ingredientes;
  3. Varie o cardápio: associe algum alimento que a criança goste com outra opção mais saudável;
  4. Lanches atraentes e diferentes: utilize formas com desenhos para fazer arte com pães para os lanches, bolo, biscoito caseiro. Abuse da criatividade;
  5. Tamanho das porções: ofereça uma pequena quantidade de alimento, e de acordo com o grau de aceitação de cada criança;
  6. Prepare uma boa apresentação: prepare alimentos coloridos, com aromas e texturas que despertem os sentidos das crianças. Tenha cuidado ao embalar o lanche para não esfarelar ou amassar;
  7. Familiarize a criança com o alimento: se há alguma comida que seu filho tende a rejeitar, experimente chamá-lo para ajudar no preparo e converse sobre a importância da boa alimentação, além da criança se sentir valorizada ao preparar um alimento que será consumido por ela mesma;
  8. Socialização da criança: pergunte a ela se quer levar um lanche para o amigo, proporcionando a socialização de seu filho, além de estimular o consumo de um lanche saudável;
  9. Evite alguns alimentos: evite o consumo de alimentos com altos teores de açúcar e gorduras, ou ricos em sódio, como por exemplo, salgadinhos, doces, bolos com recheio e cobertura, refrigerante, etc.;
  10. Água: coloque uma garrafinha de água na lancheira, e sempre opte por estar fresca;
  11. Líquidos: dê preferência aos sucos naturais, mas na impossibilidade de oferecer o suco natural, utilize o suco de polpa, pois tem mais nutrientes comparado ao suco de caixinha;
  12. Sucos naturais: utilize garrafas térmicas, pequenas, escuras e bem vedadas para evitar a oxidação. Prepare o suco pouco antes da criança ir para escola, evitando assim a perda de muitos nutrientes;
  13. Frutas da época: os alimentos quando consumidos na época da safra, são mais nutritivos, além de serem mais baratos;
  14. Frutas: ao cortar as frutas, elas sofrem oxidação, para tentar evitar este processo, gotas do suco de laranja e limão podem funcionar. Mas dê preferência por frutas inteiras, pois elas nãoperdem os nutrientes e não oxidam;
  15. Frutas frescas: priorize a ingestão de frutas frescas e com casca. Opte por embalar em papel toalha, e utilize potes menores quando as frutas forem pequenas e amassam facilmente.
  16. Personagens infantis: associe um personagem preferido da criança a uma preparação, ou dê o nome deste personagem a uma receita.

flavia

Check Also

papinha de natal

4 Receitas de Papinha de Natal para Bebês

Confira essas 4 receitas de papinha de Natal para o bebê curtir também as festas …

Deixe uma resposta