Imagem: we S2 it

 

Que história é essa de travessuras ou gostosuras? Da criançada fantasiada? Qual a razão das comemorações de Halloween Brasil afora?

Brasileiro no máximo entende de Halloween porque vai no cemitério dois dias depois, no dia de Finados. E olhe lá!

O negócio é vender fantasia, máscara e doce. E a fantasia ainda é de Jack-lanterna (oi?), bruxa, fantasma. Se ainda homenageassem nosso saci, o curupira, o boitatá. Que nada! E nem é época de moranga por aqui…

Mas pior, muito pior – eu diria pioríssimo, se a palavra existisse – é o fato da categoria ter um dia, e ele ser sumariamente substituído por uma celebração totalmente comercial:

HOJE É DIA DA DONA DE CASA!!!

Você não sabia! Pois é, e eu descobri há pouco tempo que tenho um dia especial (embora eu ainda não tenha assumido essa ocupação oficialmente).

Então eu vou fazer assim: para não dar uma de dona-enxaqueca e ficar resmungando da festinha mostrenga alheia, vou ali montar no meu aspirador portátil na minha vassoura e comemorar! Porque, de qualquer forma, hoje é dia de festa!

 

PS: Comemoro o Natal, com direito a decoração de neve, rena e papai noel. Hipocrisia – a gente vê por aqui!