Era uma vez o quarto da Alicia. A bebê se foi, deixou um monte de lições a serem assimiladas. E o quarto? O enxoval? Depois de quase dois meses, juntei forças e fui arrumar tudo. Desfiz-me das roupas em que sonhava vesti-la. Desfiz-me das roupas mais simples. Desfiz-me das toalhinhas de boca carinhosamente bordadas e personalizadas. Doeu muito um pouco, mas busquei o tempo todo pensar mais na logística do que nas expectativas que eu tinha. Se a gente já acha difícil se desfazer de roupas tão gastas, que nos fazem lembrar de bons momentos, imagine se desfazer de um enxoval sem uso, cheio de vontade de acolher uma bebê tão desejada. Enfim, pensei em coisas boas e busquei transformar o quarto num ambiente de alegria. E como toda boa psicopedagoga, sempre sonhei com a minha brinquedoteca! Olha aí o antes e o depois:

 Untitled-3

Arrumei quase todos os brinquedos do Nic, de forma que as caixas viraram mesa. Fiz o canto do Hot Wheels Rotchuius, com direito a pista para arremessar carrinhos por todo o ambiente! E olha lá o Patati, o Patatá e o “cacorro” curtindo um som (tava tocando um Iron Maiden nessa hora!). Tem também os favoritos Poupançudos (não vou falar que um amigo saía da Caixa com Poupançudos escondidos na meia!), a Turma da Mônica – com os corpinhos cuidadosamente trocados pelo próprio Titolas – e as garrafinhas mais baratas e amadas do Brasil (ensinadas pela leitora e sogra do Nic, dignas de um post só para elas). Ó:

Untitled-1

Arrumei tudo, e, quando o filho chegou, fiz uma surpresa. Não preciso dizer mais nada.

Ah, sim, preciso! Marido teve a pior das piores brilhante idéia de abrir as caixas. Depois de todo o trabalho de organizar, separar, guardar e decorar, o filho encarnou o pequeno tornado e se divertiu!

Daí você diz: pobre mãe! Mas como desgraça pouca é bobagem, perguntem o que a criança fazia dentro da caixa! Hein? Xixi, claro!

Brinquedos + bagunça + xixi na caixa + calça para lavar = criança feliz e mãe mais ainda!

Era uma vez um quartinho de uma bebê sempre amada. É a vez de uma brinquedoteca iluminada pela estrela mais brilhante.

Vem brincar com a gente, vem!

Untitled-2