lista de chá de bebê: o que pedir

O que não pode ficar de fora numa lista de chá de bebê

Na gestação do primeiro filho a gente faz tudo: compra roupa até a criança completar 1 ano, carrinho, berço, trocador, banheira, ofurô, escova, pente, coberta, manta, mil jogos de lençóis, quinhentas fraldas de boca. No chá-de-bebê seguimos à risca uma dessas listas que pegamos na internet e compramos tudo, absolutamente tudo, com medo de faltar, de a criança não sobreviver se não tivermos alicate, tesoura, lixa de unha, 3 tipos de aspirador nasal e mais itens de higiene para toda sua infância.

Quem tem mais de um filho, acaba aprendendo que a gente nunca usa tudo o que pediu na lista de chá de bebê, e que há muitos itens que dependem de gosto e adaptação. Acabamos comprando mais coisas. Sem contar nas coisas que entendemos serem inúteis (mas que serviram bem para sua amiga, por exemplo).

Na lista de chá de bebê acabamos deixando de fora itens que seriam bacanas para nós, mamães, durante os primeiros meses de vida de um bebê. Por isso, diiirce pensou numa lista supercompleta de chá-de-bebê, com os itens que você realmente deve pedir, e incluiu uns itens inusitados que podem fazer toda a diferença nessa nova etapa de sua vida.

Eu mesma, nesta quinta gestação (Mais um filho? Você é louca?), optei por não fazer chá-de-bebê, mais pela falta de tempo (pois me mudei de casa aos 8 meses de gestação) do que pela vontade. É sempre gostoso reunir as amigas num momento especial. Gosto mais daquele chá-de-bebê despedida da barriga, cheio de carinho e conversa boa, do que aquele em se alopra a gestante até o último fio de cabelo.

Quem sabe eu não invente um late-chá-de-bebê…

Confira também essa lista de enxoval de bebê unissex e as novidades importadas para bebês que nem chegaram ao Brasil ainda.

Agora confira a lista de @diiirce, com minha opinião sobre os itens da lista de chá de bebê.

Curta nossa página para ficar por dentro das novidades:

Lista de chá de bebê editada e comentada

Higiene

  • kit higiene (garrafa térmica e potes) (Muito investimento para pouco tempo de uso)
  • sabonete líquido
  • sabonete neutro
  • saboneteira (eu nunca usei)
  • shampoo
  • talco (além de provocar espirros, não vi grande utilidade)
  • talco líquido (esse sim previne assadura nas dobrinhas)
  • maizena (só ela salva das assaduras)
  • lavanda (nunca usei)
  • colônia
  • óleo
  • loções higienizantes (hoje os lencinhos são mais úteis)
  • cotonetes (mais para o umbigo do que para a orelhinha)
  • algodão (uso bastante nos primeiros meses)
  • álcool (geralmente o frasco que o hospital manda já dá até o umbigo cair)
  • lenço umedecido
  • creme para assaduras
  • garrafa térmica para higiene (depois ela vai ser sua companheira de jornada – mãe sem café não existe)
  • fralda descartável tamanho RN (tudo depende do tamanho do bebê – eu arriscaria a P se seu bebê nas 36 semanas já tiver mais de 2,5 kl)
  • fralda descartável tamanho P
  • fralda descartável tamanho M
  • fralda descartável tamanho G
  • fraldas de tecido (ou toalhas para por embaixo do trocador, caso escape um xixi na hora da troca)
  • conjunto para manicure (eu acho o trim mais prático, mas a tesoura já foi útil, e a lixa me dá aflição)
  • kit escova e pente (escolha aquelas de cerdas naturais)
  • dedeira de silicone ou luva de escovação (para fazer a higiene bucal do bebê desde sempre)
  • caneta de tecido (para por nome nas roupas que vão para a maternidade)
  • banheira
  • suporte para banheira (suas costas vão agradecer o investimento)
  • antiderrapante para banheira (no estilo rede ou apoiador, para dar mais segurança a você)
  • balde (comprei um convencional, de $15, que funciona igual ao ofurô para bebê de 200 contos)
  • termômetro para banho (um termômetro infravermelho já serve para ver a temperatua do bebê e a da banheira)
  • brinquedos de banho
  • toalhas com capuz
  • toalhas fralda

Para mamãe

  • almofada para barriga (não vi utilidade)
  • almofada para amamentar (sem ela, as costas vão para o brejo)
  • concha para seios (eu odiei – só me serviram para tomar banhos de leite ao longo do dia)
  • protetores para seios (essencial para não se pagar mico)
  • absorventes pós-parto (no estilo fralda geriátrica ou absorvente noturno, mais pelo conforto e pela segurança do que pelo fluxo mesmo)
  • bomba tira-leite (invista! Além de ser útil para estocar leite numa emergência, alivia nos casos de excesso de leite; Esvaziar as mamas por completo depois das mamadas faz a mãe produzir mais leite; E para doar leite materno, é o método mais prático)
  • mala de maternidade (qualquer mala serve)
  • envelope/saco maternidade (na hora de pegar a roupinha a enfermeira pede para tirar do saquinho, então acho que um plástico descartável faz a mesma função)
  • Corretivo para os olhos (dignidade desde a maternidade)
  • Roupão (confortável e permite a amamentação)
  • Sutiãs de amamentação (veja qual modelo mais te agrada)
  • Sessão de massagem nos pés (a gente merece um mimo)
  • Body splash (por meses, será melhor que usar perfume)

Passeio

  • bebê conforto (para andar de carro SEMPRE)
  • cadeirinha de carro (depois dos 9 meses, os filhotes precisam ser transportados nela)
  • apoio para cabeça (bebê não precisa de travesseiro)
  • carrinho de passeio (essencial)
  • colchonete para carrinho (se você usar colchonete, os cintos não se afivelam, logo, perde-se a segurança)
  • jogos de lençol para carrinho
  • capa de chuva para carrinho
  • travesseiro antissufocante para carrinho
  • moisés (bebê conforto já serve de moisés)
  • sacola pequena (usei bastante depois que meus filhos fizeram um ano e eu não precisava mais carregar a casa)
  • bolsa (invista numa mochila bacana – melhor para a postura, e combina mais com sua roupa do que um personagem infantil)
  • trocador avulso de bolsa (geralmente vem nas bolsas)
  • canguru/sling (wrap sling é meu favorito, e nem usei carrinho com a filha mais nova)
  • protetor solar para carro (uma fralda na janela resolve; o protetor solar aqui era arrancado pelos pequenos que queriam agarrar os personagens)

Quarto

  • berço desmontável (se você viaja bastante ou mora em sobrado, vale o investimento)
  • colchonete para berço desmontável (pois o colchonete do berço é vagabundinho)
  • travesseiro anti-refluxo (colocar livros embaixo do colchão dão o mesmo efeito)
  • jogos de lençol para berço desmontável (servem os do berço comum)
  • jogos de lençol (4 está de bom tamanho)
  • cobertores de berço (2 está bom)
  • cobertores de enrolar (nunca usei)
  • edredons (não usava nem como colcha)
  • cueiros (você não vai se arrepender de prender bem o bebê numa crise de choro)
  • manta (de fleece ou malha, serão mais usadas que as cobertas)
  • fronhas avulsas (nunca precisei)
  • posicionador para dormir (desnecessário, se a posição mais segura para o bebê é de barriga para cima)
  • protetor de colchão (achei horrível aquela proteção plástica)
  • travesseiros antissufocante (bebê não precisa de travesseiro)
  • kit para berço (prefira os modelos fininhos, pois servem só para decoração, são perigosos para a respiraçõa do bebê)
  • mosquiteiro (nunca usei)
  • fralda de boca (muitas!)
  • kits de cabide (prefira investir num porta-trecos)
  • cesto para roupas (comprei e virou cesto de brinquedos)
  • móbile (prefira modelos mais sóbrios, que estimulem pouco a criança)

Alimentação

  • mamadeiras grandes
  • mamadeiras médias
  • mamadeira pequena (eu nem pediria; caso a criança venha a precisar, você compra uma na farmácia onde comprará o leite)
  • bicos de mamadeira para água
  • bicos de mamadeira para leite
  • bicos de mamadeira p/ líquidos engrossados
  • aquecedor de mamadeiras (tem microondas?)
  • escorredor de mamadeiras (uma toalhinha de boca numa badeja bacana funciona igual)
  • escova para mamadeira (se não servir para mamadeira, serve para uso no dia a dia)
  • esterilizador de mamadeira (nada que uma panela não resolva)
  • conjunto de coador e funil (compre modelos mais funcionais na feira ou em lojas de departamentos)
  • pinça higiênica (para não queimar os dedinhos)
  • porta leite em pó (são excelentes porta-trecos)
  • porta mamadeira térmico
  • potes para congelar leite materno (geralmente vêm com a bomba)
  • potes para alimentos (que possam ir ao freezer; eu investi em uns de vidro pequenos)
  • jogo de talher (os de inox podem ser gravados com o nome da criança e duram a vida toda, eu ainda tenho os meus)
  • pratos para papinha
  • babador (muuuuuuitos)
  • copinho de transição (melhor que mamadeira, se a amamentação foi bem sucedida até os 6 meses)
  • cadeirão de alimentação (um trambolho)
  • assento de elevação (modelos com bandeja são uma excelente opção aos cadeirões e podem ser encaixados em qualquer cadeira)
  • caixa para guardar mamadeiras esterilizadas (uma caixa plástica para que tudo fique bem guardadinho)

Diversos

  • Livro diário do bebê (você não vai completá-lo, mas vale pelas lembranças)
  • álbum de fotos (a maioria das fotos vão permanecer no computador)
  • chupetas (não oferecê-las ao bebê te livra do ofício de tirá-las depois)
  • porta-chupetas
  • aspirador nasal (de bombinha ou de mangueira, vai da sua coragem – o de mangueirinha é excelente!)
  • conta-gotas (remédios já vem com ele)
  • dosador de medicamentos (remédios já vêm com ele)
  • mordedor
  • chocalhos
  • termômetro clínico (eu aprovo investir num modernoso que mede em questão de segundos, do tipo infravermelho)
  • babá-eletrônica (é mais pelo desencargo de consciência do que pela praticidade – a mãe escuta resmungo de bebê a quilômetros de distância –, embora eu tenha medo, principalmente do de câmeras)
  • umidificador (acho item da casa, não de chá-de-bebê)
  • inalador (acho item da casa, não de chá-de-bebê)
  • tapete de atividades
Divirta-se com todas essas verdades sobre o chá de bebê: