Ei, ei, você se lembra dos meus posts? Continuam os mesmos. Mas o meu visual… quanta diferença!

Eu não fiz plástica, lifting, peeling, nem mesmo mudei a cor do meu cabelo.

Tudo começou lá no no Cafofo da Mimi: um blog que começou a ser escrito em 2006, se não me engano. De textos sobre tudo, a fotos da minha vida pessoal.

Daí veio a maternidade, que mudou a maneira como eu pensava, como eu vivia. E o Cafofo esfriou. A vida com filho era tão corrida, que eu só tinha tempo pro Twitter.

Lá me encantei pelos blogs de unha, de maquiagem e – pasmem! – os de maternidade.

Queria transformar o Cafofo num lugar para testar produtos do meu dia a dia: de esmalte a desinfetante. Daí me veio a ideia de por tudo na sacola. O que era legal, ia para a sacola.

Pensei num nome novo, tipo, dentro “Dentro da sacola”, “Sacolinha de compras”, mas não queria limitar os posts a esses testes, porque eu curto viajar nas minhas ideias… Daí veio o diiirce e sua primeira sacola:

cropped-diiirce

 

Daí o blog foi crescendo, a sacolinha foi fazendo amigos no Twitter. Eu chegava aos encontros de blogueiros, e as pessoas queriam ver a sacola. Eu havia me tornado um pedaço de náilon!!!

Era hora de ganhar uma cara mais minha, mostrar o que havia naquela sacola. Eu deixava de ser um blog de variedades para virar blog materno. Daí surgiu a “cara” da diiirce que vocês conhecem, mais cheia, mais sustentável, mais modernosa:

diiirce_an1

Então diiirce ganhou seu espaço: deixou de ser a sacola para ser A diiirce, a que acredita que se fazem mães como antigamente. Tanto é, que tem muita gente que me chama de diiirce, mesmo sabendo que meu nome é Milene. E a sacola, bem, ninguém mais pergunta da sacola.

Daí eu pensei: Poxa, agora eu sou a diiirce! Eu não sou mais a ecobag e agora o espaço era um blog de mãe e dona de casa.

<< Por que diiirce? >>

Agora a diiirce é aquela mãe que fica em casa, a mãe em tempo integral (alguma mãe deixa de ser mãe alguma hora do dia?), a dona de casa por opção, a do lar equipada e moderna. A que coloca a toalhinha de patchwork em cima da fritadeira de última geração (mentira! eu não tenho air fryer), a que prefere cozinhar para a família e os amigos, mas que não abre não de um fast-food de vez em quando.

diiirce precisava de uma cara nova. Uma casa nova! É onde eu gosto de estar: no meu lar, meu cantinho, o ninho onde vejo a família crescer (e como cresce!). E o blog veio me mostrar que não estou só nessa jornada de cuidar de casa e família com muito carinho e dedicação. Tem muitas diiirces por aí! diiirces que ficam o tempo todo em casa, diiirces que trabalham fora, diiirces casadas, separadas, viúvas e solteiras. diiirces que cozinham banquetes e as que não fazem ideia de como fritar um ovo. diiirces que sentam e brincam com os filhos por horas, e outras que não tem tanto tempo disponível assim. O que nos une é a vontade de ver a casa assim, cheia de amor, de feminilidade, de dedicação, ainda que seja na bagunça e na correria do dia a dia.

Bem-vindos à nova diiirce: Nossa vizinhança acredita que ainda se fazem mães como antigamente!

topo