Casa limpa e organizada: como eu aprendi a acabar com a bagunça

 caixas

Minha casa nem sempre foi arrumada: veja como eu aprendi a conter a bagunça do dia a dia

Tendo em vista que tenho 3 crianças, 1 gato, 1 marido, 1 faxineira que aparece de 15 em 15 dias, até que minha casa é limpa e organizada.

Exceto quando ocorrem uns imprevistos, e as coisas saem dos trilhos. Semana passada o baby diiirce Léo teve bronquiolite, deu o maior susto na gente, e precisou ficar internado no hospital por 6 dias. Amamentado em livre demanda, eu estive ao lado dele o tempo todo. Saí apenas três vezes, por uma hora, para ver meus outros rebentos e tomar um banho. A casa? Bem, meu marido cuidou dela, enquanto as crianças ficavam na vó. Bagunça não tinha, mas o pó comeu solto por aqui. Já se passam alguns dias desde que voltamos para casa, e as coisas ainda estão fora do lugar. 

Uma dica valiosa que dou é ter cestos. Muitos. Eu tenho dessas caixas dobráveis superpráticas, que eu uso para por roupa para lavar, roupa para passar, separo as bagunças da casa. E a maior alegria é vê-las todas vazias, empilhadas. Coisa que dura, tipo, 20 segundos.

Ficar uma semana longe de casa rendeu alguma baguncinha, malas, roupas sujas, coisas da vó vieram para cá, outras ficaram pelo caminho. E agora em casa, tenho me desdobrado em 750 para não dar conta de tudo. Obviamente, tem um monte de coisa para arrumar, mas para não deixar tudo espalhado pela casa, então utilizei as caixas: roupa suja, roupa limpa para guardar no armário, roupa limpa que precisa ser passada/dobrada e objetos que precisam ser guardados. “Escondi” as caixas nos quartos, assim tenho a impressão de que a cozinha e a sala – ambientes mais utilizados da casa – estão sempre arrumados. Conforme surge um tempo, eu visito uma caixa e vou arrumando. Um dia eu dou cabo delas. Mas sem pressão, sem estresse. (Já leu o post Você não precisa dar conta de tudo?)

Essa dica valiosa eu aprendi com uma autora que escreveu duas bíblias da casa exemplar: Donna Smallin. “Casa limpa e arrumada” e “Organize-se” são dois livros me moram no meu coração. São bem dinâmicos, repletos de dicas, organizados pelas partes da casa. Do dia a dia à aquela faxina anual que a gente faz dentro dos armários, a autora nos auxilia a deixar a coisa mais prática, a facilitar nosso dia a dia, sem entrar naquela paranoia de limpeza e organização. E como ele é escrito em pequenos tópicos, dá para ler entre uma batida da máquina e uma lavada de louça, numa ida ao banheiro, ou enquanto as crianças terminam o banho.

O “Casa limpa e arrumada” ganhei do meu pai. Ele fez uma dedicatória para mim e minha irmã, para ver se a gente cuidava melhor das nossas coisas. Eu li e passei para ela. Ela tanto não leu, que perdeu o livro. Hahahaha! Fiz questão de comprar outro e pedir para o pai fazer a dedicatória. E a coisa deu tão certo que acabei comprando o “Organize-se”.

Então…

Caixas dobráveis para organizar sua vida aos poucos e livros para a dona de casa moderna!

E se uma visita aparecer nesse meio tempo, veja aqui Como deixar sua casa arrumada em 15 minutinhos!

livro casa arrumada

Check Also

dona de casa feminista

Porque ser dona de casa não me faz menos feminista

  Escolher ser dona de casa é acreditar nos valores feministas Enquanto eu pendurava as …

2 comments

  1. Amei sua apresentação de "quem é "Diiirce"?, estava falando de mim? Rs.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: