Sadomasoquismo Tecnológico

Nada de chibatadas com o mouse.
O sadomasô tecnológico vai mais além. É quase tântrico. Não é físico: é psicológico e amoral.
O terror psicológico de o Windows executar uma operação ilegal.
O ódio inverterado quase mortal da tela azul indicando uma falha geral no sistema.
Rancor mortal
Repugnância invencível de ver o cursor parar de responder aos seus comandos.
Medo súbito
Aversão manifestada aos caracteres ilegíveis e não-codificáveis saídos da impressora no lugar de seu documento.
Acesso de Ira
Cólera prevalecente ao ver todos os leds da piscando
Repulsa categórica

Deixe uma resposta