Novidades

Um Trago

Como uma manhã ordinária, saiu para fazer sua caminhada. Sem documentos, só com a roupa do corpo, o par de tênis nos pés e a chave de casa no bolso. Ninguém poderia abrir ou fechar-lhe o portão, pois morava sozinho. Dona Odete amarrou Neve na coleira e levou seu poodle branquinho para passear. Enquanto isso, seu Vito seguia rumo à …

Read More »

A Meditação

Meditar.Esvaziar a mente.O não-pensar.O pensar em nada.Exaurir-se.Esgotar-se de tão vazio. Não sentir, não fazer, não imaginar. Drenar idéias.Disseminar pensamentos.Renunciar ao movimento sem ir a pó.Aniquilar reações. Não sentir, não fazer, não imaginar. O não-existir.O vão.A resistência.O revogar.O nada.O não.O nulo. Frivolidade. Anulação. Niilidade. Oco. Enquanto isso, sua constituição orgânica continua a operar.

Read More »

Recomeço

Apagou o último incenso.Se houvera uma explicação, não poderia fazer sentido.Não havia chão no mundo que pudesse servir de base.Seu arco-íris era uma escala de cinza.Um blefe contra si mesma.Consumiram o que havia de mais profundo e simples.Haveria uma saída?Escreveu cartas para anônimos.Limpou seu armário.Rasgou as fotos.Cantou e dançou.Pensou num refúgio.Desembrulhou seu chocolate, mas não comeu.Ouviu uma canção no rádio.Separou …

Read More »

Sadomasoquismo Tecnológico

Nada de chibatadas com o mouse.O sadomasô tecnológico vai mais além. É quase tântrico. Não é físico: é psicológico e amoral.O terror psicológico de o Windows executar uma operação ilegal.O ódio inverterado quase mortal da tela azul indicando uma falha geral no sistema.Rancor mortalRepugnância invencível de ver o cursor parar de responder aos seus comandos.Medo súbitoAversão manifestada aos caracteres ilegíveis …

Read More »