O tempo: 10 anos a menos ou a mais, que diferença faz?

tempo

Você não era a mesmo pessoa há 10 anos e não será a que é hoje daqui mais 10.

Há 10 anos eu era uma pessoa totalmente diferente: sem filhos e sem pretensão de tê-los, só pensava em trabalhar e estudar. Tempo em que eu morava num apartamento pequeno, com meu marido.

Casada há 3 anos, eu era responsável por cuidar da casa: comida, limpeza, compras… Achava que a vida era corrida, porque trabalhava o dia todo, fazia pós, e deixava os fins de semana para os cuidados com a casa e comigo: era dia de faxina com som alto, máscara facial e creme nos cabelos. A noite era dos amigos.

Há 10 anos eu embarcava para o Canadá num experiência de 1 mês que foi bastante marcante. Além dos aprendizados comuns de um intercâmbio e da experiência que aquilo me traria à carreira de professora de inglês, a saudade da família fez crescer em mim, pela primeira vez, a vontade de ter um filho: atravessei fronteiras com um pacote com 14 babadores, que só foram usados 5 anos depois dessa viagem.

Tanta coisa se passou nesses 10 anos, tanta gente entrou e saiu de minha vida. Quantas transformações!

Daí eu faço calculos e penso: daqui a 10 anos, como eu estarei?

2024: Quantos filhos terei? Onde estarei morando? O que estarei fazendo da vida? Será continuarei nessa vida de mãe e dona de casa? Quantos fios de cabelo branco já terei? Quantos abraços de filho terei ganho? Quantos assoprões meus terão aliviado as dores dos filhos?

Meu filho mais velho terá 15 anos, a menor, 12. Quantos mais o tempo me dará de presente?

Que amigos estarão a meu lado? Quantos outros entrarão em minha vida?

Serão 45 anos de vida… Putz grila!

Botox? Cirurgias? Medicina ortomolecular? Reza braba? Como é que eu vou estar? Pelancuda ou tiazinha sarada?

Será que eu ainda serei eu? Será ainda restará algum resquicio do que fui em 2004? Em 1994? Em 1984?

É difícil saber… É difícil resumir sua vida em poucas palavras.

E você, já parou para pensar quem era você há 10 anos e imaginar como é que você estará nos próximos 10?

Passei os últimos 10 anos dizendo que não tinha tempo para nada, mas tinha.

Não quero passar mais 10 com a mesma desculpa. É preciso mudar hoje! Não tem botão snooze para mais 10 minutinhos. A vida é agora!

E paro por aqui, porque o tempo fez minhas caraminholas darem um nó!

Check Also

Dicas de sobrevivência da mãe e dona de casa

Dicas de sobrevivência para mães e donas de casa

Ficar em casa o dia todo com as crianças pode parecer muito simples: passamos o …

One comment

  1. Abrace esses lindos filhos (quando crescem, abraçam menos a mãe, rsrss), conclua sua pós (mesmo à distância) e sim, você estará uma tiazinha sarada! 😉 Um dia de cada vez…

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: