No luto, a loucura

Outro dia, papeando com as amigas do Test Drive Mami, a Ranne me falou de uma mãe que também perdeu seu filho e, para não desmoronar, se deu o direito de enlouquecer.

Parece que estou indo pelo mesmo caminho…

Às vezes me acho insensível. Tenho a impressão que devia estar depressiva, chorando dia e noite a perda da minha menina. Revirando fotos e objetos, remoendo a dor. Ou então deveria estar me revoltando contra os médicos, o hospital, contra Deus, contra mim mesma. Ou me afastando das pessoas, ficando sozinha em casa, me protegendo dentro da minha casca.

Fui ler um pouco sobre o luto e suas fases, mas, em meu leigo conhecimento, não pareço me enquadrar em nenhuma delas. Primeiro sinal de que devo estar enlouquecendo mesmo. Além disso, parece que o luto pela perda de um filho é o único que não se enquadra em padrões, pois é considerado o maior gerador de ansiedade. A maior dor que alguém pode ter. Segundo sinal.

jacketE para não perder a razão, estou enlouquecendo. Encontrei uma fuga aqui, no computador. Acordo e já ligo a net: confiro e-mails, me distraio no twitter, atualizo minhas coisas, leio e escrevo. Escrevo muito. Vou colocando tudo para fora. Algumas coisas eu publico, outras, não. Deixo para depois. E assim o tempo passa que eu nem percebo.

Tenho certeza de que tem muita gente me acha doida por ficar o dia todo falando sobre amenidades no twitter e no FB. Mas é isso que tem me dado força. Falar sobre outras coisas, receber o apoio de outras mães e amigos. Comentar o casamento do príncipe, falar do almoço, comentar fotos, curtir, deixar recados nos blogs, …

Se você acha que eu deveria estar reclusa, deprimida em meus pensamentos, pode me amarrar na camisa. Eu não ligo. Tenho um filho de 2 anos, que ainda é um bebê, tenho marido, tenho família que precisam de mim disposta e forte. Ficar para baixo só vai trazer mais tristeza e melancolia. E eu tenho certeza que minha princesinha, onde quer que ela esteja, não iria gostar de saber que ela está deixando as pessoas queridas assim.

Penso nela, em como ela gostaria de ver sua mãe, seu pai, seu irmão, seus avós, seus tios, primos e primas. Daí me recomponho e ponho a cabeça e os dedinhos para trabalhar. Solto os cachorros, faço piada.

E vou levando a vida, na minha camisa de força.

Check Also

Sinais de que uma mãe está ficando louca

25 sinais de que você está ficando louca

Faça o teste e descubra seu nível de loucura após ter filhos! A gente sabe …

19 comments

  1. Mi, vc tá certa!!!sua família precisa de vc bem…é isso aí,cada um vive o luto do seu jeito,da sua forma,se afundar e levar todo mundo junto é complicado…isso não quer dizer q está sofrendo menos,só sofre de uma forma diferente…Grande bj}!!!

  2. como eu disse… camisa de força não é pra qualquer um não, é pra quem teve a coragem surpreendente de buscar lá dentro… em algum lugar… a incrível capacidade de continuar vivendo após tamanha dor!
    Que Alícia, de onde estiver, esteja cuidando desse gigante hospital psiquiátrico que é o mundo! e que vc continue enlouquecendo, se isso for preciso pra continuar sua vida… o mais bonito é o que vem depois da loucura… uma solidariedade incrível!

  3. Lindo! Você é forte. Parabéns por sua postura. Bjs

  4. #miorgulho de você amiga!
    bjo

  5. Parabéns! Eu nao te conheço, nao te seguia no twitter, mas quero te parabenizar por toda essa força.
    Tenho um menino de 2 anos e louca para engravidar do segundo(a) filho(a) mas confesso que mefalta coragem, querer eu quero, e nao saberia me colocar no teu lugar, nem consigo imaginar a tua dor, pq simplesmente nao consigo imaginar essa dor, acho q nao suportaria, mas so DEUS sabe a dor que cada pessoa pode carregar, e se Ele te deu essa dor é pq Ele sabe que você podera com ela.
    Minha mãe passou por isso, mas minha irmã so viveu 3 horas. Todo dia 18 de abril eu penso nela, eu comemoro o diazinho que ela nasceu sem fazer alarde, pq a minha mãe as vezes chora, entao tentamos fazer o dia passar em branco.
    Força.. e faça o que você deseja, o que voce achar necessario para conseguir suportar tudo isso…
    Se precisar pode contar com meu ombro, pois ganhou uma amiga, nao pelo teu sofrimento mas pela tua coragem….
    bjks

  6. o tempo acalma o coracao, mimizoide. sua estrelinha estara sempre olhando por vcs.
    permita-se tudo o que tiver vontade. um bjo enorme, saudades suas

  7. MI cada pessoa tem seu modo de viver a dor…e tenha certeza que vc escolheu o melhor deles…escolheu viver, nao se pode chorar por quem se foi esquecendo dos que estão ali precisando de vc..e é o que a grande maioria faz…tenha força..continue assim…nada trará ela de volta revoltar-se trará coisas ruins…confie em deus..confie nas escolhas de deus….pense no seu pequenino….e viva!!! Eu amo muito vc. Vc sempre foi uma pessoa especial mesmo distantes a muito tempo estou aqui! Nem sempre quem chora mais está sofrendo mãos do que quem sofre calada. Beijaum no coração.

    .

  8. Pois é Mi, como a gente conversou. Cada um sabe lidar com seu LUTO…
    Confesso que eu no seu lugar estaria jogada, tipo vegetal no deserto sabe??Não ia viver, iria sobreviver…
    Mas cada vez que me lembro de você, tenho o melhor exemplo de GUERREIRA e me envergonho daqueles montes de resmungos que dou no dia e muitas vezes de madrugada (se é que entende)…
    Mi, te adoro…Da minha maneira, mas te adoro e te considero demais!

    Muita coisa em comum, sei lá. Destestei ter que aumentar nosso contato dessa maneira, mas, estou aqui…para o que precisar.

  9. Parabéns! Sua atitude é de se admirar.
    Que Deus continue abençoando você para que continue com esse ânimo e alegria de viver!
    Beijos,
    Fabi

  10. JACIARA SOUSA CORDEI

    Oi!! queria te dizer que,ela não veio por acaso
    mais tarde Você vai encontrar resposta ….ela só veio pra te deixar alguma coisa.
    acredite nisso, que Deus te de forca para continuar vivendo.

  11. Flor, cada um tem uma forma de lidar com a dor. Ninguém tem o direito de dizer se é correto ou não agir de determinada forma ao sofrer uma perda. Cada um tem seu jeito de levar adiante e ponto. Minha amiga passou pela mesma situação que você e ficou aparentemente bem, mas perdeu muito peso porque não conseguia comer. Então, é a forma que ela encontrou para reagir à dor que sentia. Não se culpe pelo que sente ou pelo que não sente. Você tem coragem, e usa o fato de gostar de escrever para também se sentir um pouco livre da dor. Então, viva isso. E aos poucos Deus irá confortando seu coração. Sua pequena está nas mãos dEle, quer lugar melhor para ela estar além de perto de você? E ao mesmo tempo, seu bebê que está aqui também precisa de você.
    Parabéns por sua coragem.
    Beijos

  12. Andrea Bogoewich

    Querida Milene,
    Como me familiarizei com suas palavras!!!Hoje faz 24 dias que perdi meu pequeno príncipe e surpreendentemente estou "bem", como nunca achei que ficaria. Também penso muito na minha família, tenho um marido e mais um filho de 8 anos pra cuidar. Tenho passado as noites em claro, na companhia da net. Pode parecer doido, mas, estou preferindo o contato virtual. Todos os dias acesso meus e-mails e sites de relacionamentos em busca de palavras consoladoras de amigos. Tem me feito muito bem..
    Obrigada por compartilhar seus sentimentos. Isso foi importante pra mim. Achei que eu tb estivesse enlouquecendo…

  13. Meus pesames a voce !! ^_^

  14. Meus pesames a voce !! ^_^
    Q vc seja forte !!

  15. Oi,
    Você está certa de agir assim.
    Não fique preocupada sobre o que os outros acham de como vc deveria se comportar. Ninguém pode falar sobre aquilo que não viveu, não sofreu.
    Abraço.
    Wania

  16. Cada um reage ao luto de forma diferente. Quando minha mãe faleceu sonhei com ela pouco tempo depois. No sonho me disseram que não importava o quanto eu chorasse e ficasse deprê. Ela sabia que eu a amava mas que sofrer só ia fazer mal a mim! A saudade faz parte! A dor ê opcional!

  17. Penso exatamente como você!
    Estamos de luto pela perda do nosso filho há 54 dias. Tristes, porém precisamos continuar vivendo e bem para o(a) irmão(ã) q virá assim q Deus achar q é a hora.
    O q aconteceu com Vitor não irá mudar. Precisamos aceitar para q a gente continue a vida. E ele não vai ficar bem se ficarmos aqui só chorando e nos lamentando. Ele virou um anjinho q cuidará sempre de nós e dos irmãos q virão.

    • Priscila
      A gente descobre q é mais forte do que imagina nessas horas.
      Com toda certeza, seu anjinho veio para lhe ensinar muitas coisas. Apegue-se a essas lições de vida!
      Se precisar de um ombro amigo, pode contar comigo. Tem horas q sei q o bicho pega e ngm entende a gnt. 😉
      Deus abençoe vcs.
      Bjs

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: