Fazendo a dancinha

Popeye-spinach

Sabe aquele momento em que vc pensa “Todo esforço valeu a pena”? Então…

Há anos eu sofria para fazer um marmanjo, chamado marido, comer melhor. Então passei a sofrer com o menino. Picky-eaters de renome, os homens da casa me deixavam – e ainda deixam – bastante frustada por eu não poder cozinhar tudo o que gostaria.

E filho quando rejeita comida de mãe canceriana, aaaaaaah, é o fim!

Conversa aqui, conversa ali, uma ideia

Passei até na nutricionista, com aquela velha queixa de “meu filho não come”. E lá meu amado menino, aquele calmo e doce garoto, se transformou num pequeno e adorável diabo da tasmânia. Possuído pelo espírito do mini-exu-destranca-travessuras, ele não me deixou conversar com a especialista.

Até que a menina mais nova, dona de roliças perninhas e de uma barriguinha faminta, adentrou no mundo além-leite. Frutas, sucos, e agora legumes, verduras e carninhas.

Alguém viu o quanto mamãe ficava feliz com aquela boquinha boa. Alguém experimentou queijo sem ser o minas e o parmesão ralado. Alguém comeu tostex com o queijo. Alguém comeu macarrão com espinafre. Alguém comeu carne moída com cenoura e tomate!

Alguém comeu num churrasco de família. Alguém escolheu suco em vez de refri. Alguém pediu para comer maçã. Alguém comeu bife de fígado!

Percebem a complexidade dessa conjuntura?

É muita alegria, Brasil!~Solta aquele Brasil, sil, sil, sil que toca depois do gol~

Bom, cabe aqui eu agradecer:

  • A mim mesma, pela perseverança na causa
  • Aos amigos, por tantas vezes ouvir um “meu filho não come isso!”
  • Às meninas do Comer para Crescer, que tantas vezes ouviram meus desabafos e puxaram minha orelha
  • Ao Hulk, por ser verde
  • Ao Homem de Ferro, por ser vermelho
  • À melhor amiga do meu pequeno:

“Filho, a sua amiguinha tal a-do-ra cenoura!”

“Eu também, mãe! Coloca mais que eu quero mais cenoura!”

 Mas nada de cantar o Aleluia antes da vitória, nada de fazer a dancinha antes da hora.

Estou apenas comemorando um passo!

Como diria o ex-presidente nos tempos em que eu nem pensava em ter filhos:

“A luta continua, companheiro!”

Rumo ao quiabo!!!

 

* – Enquanto eu escrevia este post, minha menina devorava uma deliciosa revista! hummmmmm #porradiiirce

Check Also

25 atividades diárias que irritam qualquer mãe

24 atividades diárias que irritam qualquer mãe

Fazemos essas coisas todos os dias, mas elas irritam qualquer mãe (ou pai) Ser mãe …

6 comments

  1. Sabe aquela semana que eles só querem macarrão? Só comem macarrão e besteira?? Aqui em casa eu faço uma sopa que TODOS adoram, mas nunca sabem o que estão comendo… Eu cozinho todos os legumes, verduras, etc que quero/tenho, passo tudo pelo mix, fica um creme, coloco macarrão, que eu cozinhei a parte, pico a carne/frango, e coloco uma caixinha de creme de leite, além de ficar uma delicia tem todos os nutrientes.

  2. Nossa, me identifiquei totalmente…a cada mês estou comemorando pequenas vitórias com o meu menino de 5 anos…mas não foi fácil não. Cada banana comida é um " yessss" dentro de mim!!! Beijão

  3. adorei a idéia do espinafre. Parabéns pela conquista viuuuu

  4. Tatiana Junqueira Blois

    Olha! Tem uma luz no fim do túnel???
    Que beleza!! Comemoro com vc agora e qdo chegar a minha vez a gente comemora juntas de novo! Combinado?

  5. Ah, brigadinha, viu. A gente fica muito feliz. E quando tudo piorar, de novo (é, sinto dizer, mas isso acontece nas melhores famílias. são as tais recaídas, sabe! kkkkk), pode apelar pra dancinha do cavalo, aquela daquele coreano com nome que só tem consoante, como faz a Mônica Brandão Turquetti, que, segundo ela, todas as bocas do mundo se abrem até para bolinho de mandioquinha com espinafre. kkkkkkk.

Deixe uma resposta