Sobrevivendo sem Air Fryer

air

 

Parece que a air fryer virou item de primeira necessidade, mas será que precisamos dela e de tantos outros eletrodomésticos assim?

Eu queria muito uma air fryer. Atualmente ela é o sonho de consumo das donas de casa brasileiras. Há uns anos, foi a febre da máquina de pão, da panela de arroz, do grill, da sanduicheira… Lembro-me da febre do microondas e da alegria capitalista que inundou a casa quando minha mãe foi contemplada no consórcio, e o micro chegou. Tudo era feito no microondas. Até o dia em que eu resolvi cozinhar um ovo, na caneca de vidro com água. Não tentem fazer isso em casa, crianças, ou o FBI e a KGB podem invadir geral alegando ameaça terrorista.

As empresas estão sempre criando algo novo, e criam campanhas geniais, tão bem feitinhas que fazem aquilo passar por um item de primeira necessidade na sua vida. Queria ser uma mosquinha retrô para acompanhar o lançamento das primeiras geladeiras e outros eletrodomésticos…

Obrigada, internê! Desejo de ser mosquinha concedido.

1280415598423_f frigidaire1928  -l-290-propaganda-antiga-geladeira-general-electric-14513-MLB2889036282_072012-O -l-290-propaganda-antiga-maquina-de-lavar-roupas-easy-14607-MLB174496633_7215-O

O anúncio do liquidificador valoriza a praticidade e a saúde, quando fala em eliminar o cansaço e preparar coquetéis de frutas e legumes ricos em vitaminas.

A propaganda da geladeira Frigidaire fala que a elite, príncipes e grandes nomes da aristocracia mundial escolheram a marca, o que leva o consumidor a associar tal geladeira a status.

Já a da GE fala em economia e praticidade, tratando o eletrodoméstico descaradamente como necessidade. (E não é? Como é que as pessoas viviam sem geladeira, juro que não compreendo)

Por fim, o anúncio da lava-roupas fala de praticidade, modernidade, higiene.

Reparem que todos as propagandas levavam as consumidoras a imaginar seus lares mais saudáveis, a terem mais tempo livre, a serem modernas e terem certo status, simplesmente por adquirirem um eletrodoméstico X.

Muitas décadas se passaram e… Voltemos ao recalque da air fryer:

468297batata_slide airfryer

Quanta evolução na vida da dona de casa… só que não!

Olha lá o tal do saudável, da necessidade na sua VIDA, na praticidade, na economia de óleo. No status, porque é a original!

Olha lá a rapidez, a família sorrindo porque comeu pastel e batata-frita no almoço e está todo mundo saudável.

 

Enquanto eu não sucumbo ao desejo da air fryer, vou criando meus pratos saudáveis sem ela.

Ainda esta semana, vou compartilhar aqui no diiirce uma receita bem legal para você fazer em casa, no seu forno velho de guerra, que vai parecer que você tem a dita fritadeira da moda.

E se você também está resistindo à tentação, poste uma foto e marque com #sobrevivendosemairfryer. Vamos dividir receitas e recalques!

Check Also

mandioca-frita-no-forno

Mandioca frita no forno

A série sobrevivendo sem uma air fryer tem sua primeira receita: uma versão sequinha da …

20 comments

  1. Eu sobrevivo bem, porque nunca faço fritura… e não se se passaria a fazer se tivesse uma dessas….

  2. Quando me casei ganhei todos os eletrodomésticos que sempre sonhei na vida e os que não ganhei, comprei. Chegou uma hora que ou ficava nós em casa ou os eletrodomésticos, fora os que quebraram porque caíram no chão pois não tem espaço em casa… Não ao consumismo (mas continuo querendo a airfryer, não comprei porque não tenho onde colocar, kkkk)

  3. Já lavou uma calça jeans na mão? E oito calças?

  4. Tem gente que não sabe brincar né? heheh
    Eu to sobrevivendo mas, mesmo sem fazer fritura em casa, gostaria de ter pelo sabor e textura dos alimentos.
    Faço misturas que ajudam muito nas preparações no forno, mas com certeza a air fryer faz diferente.
    beijo enorme
    Le

  5. Gente é tudo ilusão, eu também queria uma, pela vida saudável e pela praticidade. Tenho feito tudo que posso no forno e depois que vi que as fritas levam mais de 20 minutos para ficarem prontas e que ficaram iguais as assadas, acho que vou usando o forno que tenho mesmo…
    A Tati do Panelaterapia já testou a original e a da Mondial, pra quem está na dúvida, vale a pena ler as resenhas e dicas:
    http://www.panelaterapia.com/2014/06/testando-airfryer-philips-walita-da.html
    http://www.panelaterapia.com/2012/12/resenha-air-fryer-mondial.html

  6. Eu tb to sobrevivendo, mas que queria uma, queria rs… Mas por enquanto temos outras pioridades por aqui, quem sabe um dia quando baixar o preço rs beijo

  7. Faço batatas no forno, acho mais saudável. Pré-cozinho a batata até ficar macia e depois coloco no forno, mexendo de vez em quando até dourar. É sucesso arantido por aqui.

  8. Ah, eu babo nesta parada. Muito, muito, muito. E não me considero consumista. Mas coisas que facilitem a vida em casa, quando a gente vive numa correria louca? Ah, eu quero todas. Não tenho pq falta grana.

  9. Não! Nem pretendo. Viva a lava-roupas!!! kkkkk

  10. Eu tb não faço fritura, mas que deve ser uma mão na roda….

  11. Tb faço assim! E fica melhor que frita no óleo, né?

  12. Juliana Gomes Yanase

    Juro que tentei resistir … mas agora estou na dúvida … Walita ou Mondial? huahuahuaha

  13. eu me entreguei de corpo e alma hahah Amo!

  14. Eu tenho a Mondial e faço tudo nela, pego as receitas do Blog http://www.fritadeirasemoleo.com.br

  15. Em casa sobrevivemos maravilhosamente bem …..tudo assado ….e quando vai p frigideira , uso uma de tefal de execelente qualidade , e tosto bife e filé de frango empanado …berinjela, peixe ….e fica tudo divino !!

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: