A vida sem tablete – Caldo de Legumes Caseiro

ipad

Enriquecer a água do cozimento dos alimentos com um caldo de legumes caseiro facilitou muito minha vida e está ajudando meu filho a comer melhor

Meu filho não come – você já sabe de velho que faço parte da estatística das mães que acham que o filho não se alimenta. Na realidade, sou eu que não faço o que ele come. Por ele, as refeições seriam baseadas em macarrão com queijinho, bolacha, suco de laranja e marshmallow.

Acontece que com o peso no limite da curva, cálcio e ferro no limite, eu tive que tomar jeito. Limitei a oferta de guloseimas à casa da minha mãe, onde balas e batatas-fritas são liberadas. Comprei um ou dois pacotes de bolacha sem recheio e sem apelação infantil, não deixei mais faltar laranja, nem macarrão.

Em um mês, o ponteirinho se mexeu 500 gramas. Tem noção? É uma alegria, depois de mais de um ano travados no 14 kg.

O segredo foi o caldo de legumes que eu faço e congelo em porçõezinhas. Na hora de cozinhar o macarrão, garanto algumas vitaminas.

Caldo de Legumes Caseiro Prático

1,5 litro de água

1 talo de salsão

1 cebola média cortada em 4

1 cenoura grande cortada

1 tomate médio cortado em 4

2 dentes de alhos inteiros

1 abobrinha cortada

2 folhas de louro

1 xícara de couve

1 xícara de espinafre

1 xícara de brócolis

Salsa e cebolinha a gosto

vegstcokLeve tudo ao fogo na panela de pressão por 15 minutos. Depois que esfriar, bata tudo no liquidificador, passe por uma peneira para tirar os pedacinhos. Congele em pequenas porções ou coloque numa forma de gelo. Depois que congelar, você guarda os cubinhos num saquinho no freezer e vai temperando a água do macarrão com eles.

E adiós tabletinhos ricos em sódio! Adiós culpa!

Passei então a oferecer macarrão em todas as refeições, sem medo de ser feliz. O estresse foi embora, e os momentos à mesa passaram a ser de muito prazer – segredo do sucesso!

E, a propósito, meu Ipad furtado não foi recuperado, e ainda não consegui comprar outro.

Nessas, tô sobrevivendo a essa vida sem tabletes e tablets.

Imagem: http://paulandsarah.org/gallery/main.php?g2_view=core.DownloadItem&g2_itemId=3265&g2_serialNumber=2 e Google Imagens

 

Check Also

Meu filho não come: macetes que vão mudar sua vida

Se seu filho não come como você gostaria, estas dicas vão ajudar sua família a …

18 comments

  1. Posso fazer o macarrão e bater junto com os tabletes. Meu filho não come macarrão, nem carne.
    É brincadeira…
    Beijos Mi,
    Ana Carolina

  2. Rogéria Ferreira Thompson

    Muito show essa ideia!!! Gostei!! Aqui não uso há muito tempo os tabletes… sacanagem o roubo do teu tablet, putz!! Bjs!!!

  3. Cada mãe com seu karma… a minha filha come bem e até hoje não tive que apelar pra nenhum plano mirabolante (aliás, o seu é genial, acho que vou fazer o caldo milagroso aqui em casa também, com certeza dá um gostinho especial e garante umas vitaminas extras). Em compensação, ela tem problemas sérios pra dormir, que só pioram – vê-se pelo número de posts sob a tag “sono” que há no meu blog…
    Boa sorte pra vc, que seu filhote passe dessa fase logo…

  4. Oi! Adoro suas postagens e as leio sempre!
    Olha um selinho que comprova isso: http://tagarelinho.blogspot.com.br/2012/10/eu-vivo.html
    Beijos nas quiança!

  5. Que dica maravilhosa, adorei diiiiirce!!!!
    Amei seu blog, quero voltar mais vezes!

    Bjão!

  6. ideia otima mesmo… Bea anda danada com os legume/verduras… O que me salva é que ela AMA sopa a noite, e mesmo com quase 2 anos e meio, ainda come sopao de legumes quase todos os dias…
    No macarrao, eu fervia junto na agua, assim dava o gosto, mas gostei da sua tatica tbem, vou experimentar 🙂
    PS: moro na Italia, nem vou comentar q tem massa TODOS os dias né? rsrs

    bjnhos

  7. Graziela Furtado

    Idéia maravilhosa, tenho usado no arroz também, coloco um tablete para cozinhar junto, nao altera sabor do arroz, e fica bem mais nutritivo, bjos obrigada

  8. olha isso tb.. Clesia Moreira, Daniele Oliveira

  9. muito legal! adorei!

Deixe uma resposta